quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Elvis Presley - You Don't Have to Say You Love Me / Patch Up

Em termos de single o último lançamento de Elvis em relação a "That´s The Way It Is" foi esse compacto simples com a dobradinha "You Don't Have to Say You Love Me / Patch Up". Era outubro de 1970 e embalado pela promoção extra que vinha das salas de cinema o novo single de Elvis acabou sendo muito bem sucedido nas paradas. Quase alcançou o Top 10 da Billboard, chegando na décima primeira posição entre os mais vendidos. Uma ótima posição para Elvis naquela época. As rádios tocaram bastante o Lado A "You Don't Have to Say You Love Me". Já o Lado B com "Patch Up" não teve a mesma sorte, embora Elvis tivesse se esforçado bastante para divulgar a música em seus shows realizados em Las Vegas.

A capa trazia na discografia do cantor uma curiosidade. Era a primeira vez que um disco seu o trazia usando óculos! A foto foi tirada durante os ensaios para a temporada em Las Vegas e como sempre acontecia nesses momentos Elvis mantinha seus óculos pois havia sido aconselhado por médicos a fazer isso pois ela tinha desenvolvido glaucoma. Com a iluminação das filmagens da MGM ele resolveu manter seus olhos protegidos. Já nos palcos Elvis raramente usava óculos, o que lhe trouxe problemas oculares por causa dos canhões de luz próprios da época. Curiosamente os covers de Elvis não dispensam os óculos de "aviador" nem mesmo quando estão no palco, talvez para reforçar a caracterização do cantor (esse modelo acabou ficando bem marcado com essa fase de Elvis). Então é isso, temos aqui um single muito bem sucedido comercialmente, embora a longo prazo não tenha sido tão marcante assim pois Elvis logo deixaria de cantar as canções em seus concertos. O público também pareceu se esquecer rapidamente delas, apesar do sucesso inicial.

Pablo Aluísio.


5 comentários:

  1. Elvis Presley - Pablo Aluísio
    You Don't Have to Say You Love Me / Patch Up
    Todos os direitos reservados.

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi dizerem que, principalmente, quando o Elvis estava no palco, o numero de flashes era tão grande que as pupilas não tinham tempo de se fechar recebendo uma grande quantidade simultânea de luz causando um grande dano aos seus olhos. E, diga-se de passagem, eram lindos olhos para serem tão mal tratados.

    ResponderExcluir
  3. Ele teve problemas sérios na visão. Olhos claros, como o de Elvis, são ainda mais sensíveis nessa situação de excesso de luz. Mais um preço alto que ele pagou por sua carreira.

    ResponderExcluir
  4. Eu nao me conformo com a morte de Elvis! Tenho raiva do coronel que era uma safado e do pai que era um bobo. Elvis nao merecia morrer tao cedo!

    ResponderExcluir
  5. É verdade. Elvis morreu precocemente. 42 anos de idade... uma pena, teria pelo menos mais uns 15 anos de vida produtiva pela frente...

    ResponderExcluir